Portal Mandaguaçu

Notícias Saúde

Sesa confirma uma morte por H3N2 em Mandaguaçu

A informação está no boletim sobre a doença divulgado nesta quarta

Sesa confirma uma morte por H3N2  em Mandaguaçu
Imagem meramente ilustrativa
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) confirmou nesta quarta-feira (5) uma morte por H3N2. Um homem de 64 anos com comorbidade e que não tomou a vacina contra a gripe em 2021, segundo a secretaria, morreu em Mandaguaçu em decorrência do vírus H3N2.

A informação está no boletim sobre a doença divulgado nesta quarta.

A enfermeira Eloísa Sella, da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Mandaguaçu, disse que a vacinação contra a gripe na cidade não atingiu a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, mas agora a procura pela vacina aumentou. “Tivemos sobras de doses que agora estão sendo utilizadas porque a procura aumentou muito. Embora não tenha o subtipo do H3N2 na vacina da influenza deste ano passado, é muito importante se vacinar para se proteger contra os vírus que estão circulando mais. Em abril a gente recebe nova vacina com essa cepa”, adiantou Eloísa.

O boletim epidemiológico da Sesa traz também mais duas mortes pelo vírus. Duas mulheres de 77 e 79 anos, com comorbidades e não vacinadas, que moravam em Paranaguá. O documento traz ainda 113 novos casos de H3N2.

FONTE/CRÉDITOS: GMC ONLINE

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )