Em entrevista exclusiva, Prefeito de Mandaguaçu nega acusações e diz que CP deve também investigar gestões anteriores

O Prefeito de Mandaguaçu, Professor Índio (PSB), concedeu uma entrevista exclusiva ao Portal Mandaguaçu nessa terça-feira (23) em seu gabinete do Paço Municipal. O Prefeito, Vice-prefeito e Secretário da Fazendo são alvos de denúncia do Observatório Social de Mandaguaçu (OSMAN) com relação a perda de arrecadação tributária de loteamentos do município. A denúncia foi apresentada na Câmara de Vereadores e aprovada a abertura da Comissão Processante (CP) na última segunda-feira (22).

Os acusados dizem que não foram notificados formalmente da abertura da CP. O Prefeito Índio negou as acusações, segundo ele todos os loteamentos citados na denúncia não foram aprovados em sua gestão, e que alguns que fazem parte de sua administração estão embargados por irregularidades. O Prefeito disse que houve motivação política na referida denúncia. “Fica muito claro que é político quando traz junto a denúncia o Vice-prefeito, o mesmo não está sentado aqui, colocaram ele nessa condição de investigado demonstrando claramente esvaziar as possibilidades políticas futuras”, comentou o Prefeito.

Em entrevista exclusiva, o Prefeito falou que a Comissão Processante deveria também investigar atos ilegais de arrecadação das gestões anteriores. “Importante deixar bem claro, havia um desequilíbrio muito grande e um inquérito civil onde apontava abuso de poder econômico e autoridade. Casas populares do projeto do governo federal pagava em torno de R$ 1.300,00 e imóveis na avenida em torno de R$ 40,00. Algo totalmente descompensado por ausência da aplicação da lei votada no plano diretor de 2007”, salienta o prefeito.

A Câmara Municipal sorteou os vereadores  João Ramos Costa (PSD) como presidente; Morandir Marassi (DEM) como relator e Fernando Aparecido da Costa (PTB) como membro.  A investigação principal é referente ao Condomínio Flor de Laranjeira.

Ainda não há data definida para a comissão iniciar as reuniões que avaliarão as denúncias.

Clique aqui e confira a entrevista exclusiva do Prefeito de Mandaguaçu.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *