quinta-feira , 27 junho 2019
Home / Brasil / UM “CONTRADIZEU” EM O GLOBO PODE REVELAR MUITA COISA

UM “CONTRADIZEU” EM O GLOBO PODE REVELAR MUITA COISA



Sim, pode. Pode revelar que a palavra escrita sofre declínio pela concorrência com a palavra falada no áudio-visual.

A palavra escrita não vai sumir (ela é eficientíssima pelas suas naturais qualidades), mas não comunica com impacto, velocidade, imediatismo. É lenta, exige esforço. Há uma acomodação em andamento…

O “contradizeu” nos diz também que as redações das grandes mídias jornalísticas encolheram. Problemas econômicos? Talvez. Espero que sim.

Antes, nada era publicado sem passar pelo experiente e competente copidesque, que aplicava correções de estilo e aperfeiçoava os textos. Depois dele, vinham revisores impecáveis, uma boa peneira a prova de erros.

Cadê eles? Eram indispensáveis. O que os tornou dispensáveis?

Há uma acomodação em andamento. Se alguns caem, outros se levantam. O que virá? Na verdade, o que já está aí e ainda não percebemos inteiramente?

E só para não perder a oportunidades do post: estou com Moro e com a Lava Jato.

 

Por Rogerio Silva Araujo, autor dos livros “História depredada” e “O Segredo dos 12 profetas”.

Sobre Fernando Razente

Atuante com comunicação e mídia, desempenhou-se na área administrativa do Jornal Noroeste e cursa História. É colunista, escritor de artigos de opinião e matérias jornalísticas. Atualmente é editor chefe do Portal Mandaguaçu.


Veja Também

‘Não tem nenhuma orientação ali naquelas mensagens’, diz Moro

Site diz que o ministro trocou mensagens com procuradores, entre eles Deltan Dallagnol, sobre alguns ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *