Moradora de Iguatemi recebe carta anônima pedindo que use roupas ‘adequadas’ no condomínio

Uma jovem, de 22 anos, moradora de Iguatemi, distrito de Maringá, procurou a polícia após receber uma carta anônima pedindo que ela use roupas ‘adequadas’ nas dependências do condomínio. O recado foi colocado debaixo da porta de Ana Paula Benatti na última sexta-feira, 7, uma semana após ela ter se mudado para o prédio.

Sem se identificar, o autor da carta escreveu: “gostaríamos que tivesse o pudor e decência de usar roupas adequadas nas dependências do condomínio”. O suposto vizinho se mostrou incomodado com as roupas da jovem e finalizou o recado dizendo que procuraria a proprietária do apartamento caso ela não mude a forma de se vestir.

 

Veja a carta colocada debaixo de porta:

 

Ana Paula, que trabalha como escriturária em um hospital de Maringá, se deparou com a carta no fim da tarde, quando retornou para casa.

Com medo, além de mostrar a carta para o síndico do condomínio, Ana Paula procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência nesta terça-feira, 11 de maio, pelo crime de injúria.

O autor da carta ainda não havia aparecido até o fechamento desta reportagem. Ana Paula ressaltou que não pretende se mudar de apartamento. “Já me alojei aqui, já arrumei tudo e não pretendo me mudar. Já estou vendo de instalar câmeras de segurança na porta do meu apartamento e vou ficar aqui. Isso não vai me fazer mudar: nem de casa, nem quem eu sou”, finaliza.

 

 

 

COM INFORMAÇÕES GMC ONLINE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *