domingo , 19 novembro 2017
Home / Mandaguaçu / Governo libera duplicação da BR-376 entre Paranavaí e Nova Esperança

Governo libera duplicação da BR-376 entre Paranavaí e Nova Esperança



4390186O Governo do Paraná autorizou a duplicação do trecho de 30 quilômetros da rodovia BR-376 que liga Nova Esperança a Paranavaí, no noroeste do Paraná. A liberação da obra foi anunciada na tarde de quarta-feira (12) em uma reunião entre o governador Beto Richa (PSDB) e prefeitos da região.  A duplicação deve custar R$ 214 milhões e será feito pela concessionária Viapar.

A duplicação era uma demanda antiga dos mais de 605 mil moradores de 18 municípios do noroeste. De acordo com o governo do estado, o projeto da obra deve ser entregue até o fim do ano e o início das obras está previsto para 2016. A rodovia deve ser entregue em 2018.

Atualmente, a BR-376 é duplicada de Maringá a Mandaguaçu, no norte, mas a Concessionária Viapar está ampliando um trecho de 22,6 km entre Mandaguaçu e Nova Esperança.  Essa obra começou em outubro de 2014 e a conclusão está prevista para o fim deste ano. A ampliação deve custar R$ 145 milhões.

A Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística informou ainda que mais de 10 mil veículos passam por este trecho da rodovia diariamente. A rodovia federal ainda é responsável pelo escoamento da safra de grãos do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, uma vez que os caminhões passam pela estrada em direção ao Porto de Paranaguá.

A Concessionária Viapar informou que a duplicação não deve ser motivo para o reajuste da tarifa do pedágio que fica em Presidente Castelo Branco ou para a criação de mais uma praça de pedágio.

Sobre Mateus Henrique

Locutor e Jornalista no Portal de Mandaguaçu , com o dever de manter os moradores de Mandaguaçu e da Região bem informados !



Veja Também

Mandaguaçu cria Programa de Castração Gratuita para Cães e Gatos

O Prefeito Professor Índio, atendeu o Projeto de Lei 035/2017, dos vereadores Fabricio Cesar Martelozzi ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *